Ir direto para menu de acessibilidade.
Brasil – Governo Federal | Acesso à informação
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Tenetehar-Tembé visitam Bragança em atividade dos projetos Saberes da Floresta e Floresta Viva

 Ações aproximam povos indígenas e comunidades quilombolas do espaço acadêmico e contribuem para a salvaguarda e a valorização de saberes tradicionais

  • Publicado: Terça, 05 de Junho de 2018, 18h40
  • Última atualização em Quarta, 13 de Junho de 2018, 17h07
  • Acessos: 113
imagem sem descrição.

O IFPA campus Bragança recebe, esta semana, a visita dos Tenetehar-Tembé que habitam a terra indígena Alto Rio Guamá, a 18 km de Capitão Poço. A visita é parte das atividades dos projetos Saberes da Floresta e Floresta Viva, da UFPA Bragança e do IFPA campus Bragança, em parceria com a UFRA Capitão Poço.

O grupo de 33 Tenetehar-Tembé participa de uma programação de três dias em Bragança, que inclui visitas aos campi do IFPA e da UFPA, oficinas de compostagem e Sistemas Agroflorestais (SAF), visita e participação na II Semana Nacional dos Arquivos, da Faculdade de História da UFPA Bragança, apresentações sobre o curso de Agroecologia do IFPA e um passeio turístico pela cidade. A vinda do grupo é a continuação de uma série de atividades que culminou, na última semana de maio, com uma visita à aldeia Sede de alunos e professores participantes do projeto.

 

Vanderlúcia Ponte, professora da Faculdade de História da UFPA, explica que os dois projetos ajudam a aproximar os Tenetehar-Tembé e a comunidade quilombola do Itamoari, na região de Gurupi, do espaço acadêmico, e contribuem para a salvaguarda e a valorização de saberes tradicionais.

O registro do conhecimento tradicional é o objetivo principal do projeto Saberes da Floresta, que já resultou na edição de uma cartilha com um mapeamento das plantas medicinais encontradas próximas às aldeias. Uma segunda cartilha está em fase de elaboração, focada em saberes tradicionais específicos dos povos Tenetehar-Tembé, como o grafismo das pinturas corporais, as técnicas de caça e os elementos de pajelança. As cartilhas serão distribuídas nas escolas públicas em Bragança, além de ser distribuídas nas aldeias.

O “Floresta Viva: Tenetehar-Tembé” também busca a valorização da cultura e dos saberes tradicionais através do fortalecimento do diálogo intercultural entre a universidade e as comunidades Tembé das aldeias Sede, Ytuaçu, Pinaawá e Ypidõndas.

Outro objetivo da visita a Bragança é o amadurecimento das discussões sobre a criação de um curso de Agroecologia Indígena, defendida pela professora Edileuza Pilletti durante a acolhida aos visitantes no auditório do campus, que teve a participação do professor Danilo Cunha, diretor geral do IFPA campus Bragança, e do professor Jaime Costa Pantoja, que representou o coordenador da UFPA em Bragança, professor Francisco Pereira.

“Nós estamos muito gratos de encontrar essa parceria, que nos dá a esperança de continuarmos existindo e resistindo como povos indígenas”, disse o cacique Piná Tembé, que compôs a mesa de abertura da programação. “Os mitos que nossos pais contam é que nós nascemos da mãe-terra, viemos da terra. Os brasileiros, todos, precisam reconhecer que essa terra tem vida e que nós, povos indígenas, dependemos dela para sobreviver”.

Evento

Nesta quarta-feira (6), os Tembé-Tenetehara participam de uma atividade cultural de socialização na praça Antônio Pereira (praça do coreto), centro de Bragança. No evento, que começa às 18 horas, serão expostos peças de artesanato tembé e fotografias do projeto “Floresta Viva”, feitas pelo fotógrafo Pedro Tobias, do IFPA. É uma oportunidade para conhecer de perto a cultura Tenetehar-Tembé e compartilhar experiências com os participantes do projeto das quatro aldeias envolvidas, Sede, Ytuaçu, Pinaawá e Ypidõndas.

Serviço

Exposição projeto Tenetahar-Tembé

Praça Antônio Pereira (praça do coreto), centro de Bragança, dia 6 de junho (quarta), às 18 horas.

Atividades

Pintura corporal e artesanato Tenetehar-Tembé

Exposição fotográfica, de Pedro Tobias

Projeções, de Mariana Santos

Atrações musicais (carimbó, Ruan Lins, Vizinhos do Monstro, Mestre Lazaro, DJ Barbara Hafyella)

Bazar

registrado em:
Fim do conteúdo da página